Home | Glossário | Fale conosco  

 

  

Sexta-feira, 29 de Junho de 2001

 

Moura: são necessários mais de seis anos para terminar Angra III
Agência JB

 

RIO - O presidente da Eletronuclear, Flávio Decat de Moura, afirmou há pouco que 30% do projeto para construção da usina nuclear Angra III já estão desenvolvidos, mas que seriam necessários seis anos e meio para a conclusão da obra. Ele acrescentou que já foram gastos US$ 700 milhões, principalmente na importação de equipamentos para a usina. Para conclusão das obras, os investimentos necessários seriam de US$ 1,5 bilhão.

 

Segundo Moura, estes investimentos seriam todos empregados no Brasil. Com relação à crise energética, o presidente da Eletroneuclear afirmou que as usinas de Angra I e II estão trabalhado com sua capacidade máxima, e que além disso, a empresa está disponível para dar apoio técnico ao governo em projetos de qualquer termoelétrica, principalmente térmicas a gás.

 

Ele afirmou ainda que as usinas nucleares geram 3% da energia do país, e 50% da demanda do Rio de Janeiro. Angra II foi construída para gerar 1,309 mil mW, mas atualmente produz 1,352 mW/mês. Já Angra I, produz 657 mW/mês e Angra II, 1.352 mW/mês.

 

ot14.gif (148 bytes) Menu Recursos Energéticos

Frigoletto.com.br - A geografia em primeiro lugar

Copyright © 2000 - 2004 Eduardo Frigoletto de Menezes. All Rights Reserved