Home | Glossário | Fale conosco  

  

 Domingo, 21 de dezembro de 2003

..CIDADE

 


 
A evolução urbana de Maceió - IV

Praça da Assembléia reúne prédios
históricos bem conservados e boa
parte da memória do Estado de Alagoas




Sobrado do Camocho, construído entre décadas de
1840 e 1850; Aspecto atual do Sobrado do
Camocho, depois de restaurado

Eduardo Frigoletto
Professor de Geografia
www.frigoletto.com.br

À luz da geografia urbana, a Lei de Incentivos e Projetos de Restauração, instituída pela Prefeitura de Maceió, tem produzido bons resultados, embora tenha sido criada depois que muitos prédios antigos já tinham sido demolidos ou tiveram suas fachadas descaracterizadas.

Um exemplo é o que pode ser visto no Sobrado do Camocho (na gíria lusitana significa ‘tostão’), residência do então Conselheiro Lourenço Cavalcante de Albuquerque Maranhão, que mais tarde viria a ser o Barão de Atalaia.

Atualmente, o sobrado, apesar de abrigar lojas comerciais, encontra-se em bom estado de conservação, preservando inclusive seus capitéis (enfeites no alto do prédio). Na parte dos fundos, seu aspecto primitivo ainda encontra-se preservado com partes construídas em taipa. Conta a história que havia uma rixa pessoal entre o Barão de Atalaia e o Barão de Jaraguá, que tinha um palacete na mesma praça (onde atualmente localiza-se a Biblioteca Pública e o Arquivo Municipal) e que o Barão de Jaraguá construiu uma torre no alto de seu palacete para bloquear a vista para o mar que havia a partir do Sobrado do Camocho.


...


Leia a reportagem completa na
edição de hoje de O JORNAL




|
.Capa .| . Cidades. |

 

 

 ot14.gif (148 bytes) Menu Maceió Ontem e Hoje

Frigoletto.com.br - A geografia em primeiro lugar

Copyright © 2000 - 2004 Eduardo Frigoletto de Menezes. All Rights Reserved