Reforma Agrária e Questão fundiária

Setembro de 2003

Relatório: 1% dos proprietários detêm 46% da terra

O Relatório sobre os Crimes do Latifúndio, elaborado pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), Rede Social de Justiça e Direitos Humanos, Centro de Direitos Humanos Evandro Lins e Silva e Instituto Carioca de Criminologia, informou que menos de 50 mil proprietários rurais possuem áreas superiores a mil hectares, controlando 50% das terras cadastradas. Cerca de 1% dos proprietários rurais detêm em torno de 46% de todas as terras.

Dos aproximadamente 400 milhões de hectares titulados como propriedade privada, apenas 60 milhões de hectares são utilizados como lavoura. O restante das terras estão ociosas ou sub-utilizadas. Segundo dados do Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra), há cerca de 100 milhões de hectares de terras ociosas e cerca de 4,8 milhões de famílias sem-terra no Brasil.

Ainda conforme o Incra, entre 1992 e 1998, a área ocupada pelos imóveis maiores de dois mil hectares foi ampliada em 56 milhões de hectares, quase quatro vezes mais do que os 14,3 milhões de hectares desapropriados em sete anos de governo FHC.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os pequenos agricultores são responsáveis pela grande maioria da produção de alimentos e pela geração de empregos no campo.

Veja alguns dos pontos do relatório:

Divisão dos estabelecimentos agrícolas:

Nível de produção:

Mão-de-obra:

Fonte: www.terra.com.br
Disponível em:
www.frigoletto.com.br

Menu Geo Rural

frigoletto@bol.com.br