Home | Glossário | Fale conosco  

  

Março de 2001

População da União Européia está diminuindo, diz Suécia

 

A população dos países da União Européia (UE) está diminuindo devido à baixa taxa de natalidade, divulgou o Instituto Nacional de Estatísticas da Suécia (SCB).

 

Em comunicado à imprensa, o SCB disse que a fertilidade nos 12 países candidatos a membros da UE também é baixa demais para manter suas populações nos níveis atuais.

 

Os desafios criados pelas mudanças demográficas formarão o tema principal de uma cúpula de chefes de Estado e governo da UE em Estocolmo. Os líderes da UE devem discutir maneiras de aumentar o emprego e fazer da região a área econômica mais competitiva do mundo e mais baseada em conhecimento, até o ano 2010.

 

Segundo o SCB, para que a população não diminuísse seria preciso que cada mulher desse à luz em média 2,1 filhos. Os dados indicam que, dos 15 países da UE e dos 12 candidatos que já estão negociando sua entrada no bloco, nenhum passou nesse teste.

 

Apenas a Turquia, que aguarda o início das negociações para sua entrada na UE, tem um índice de fertilidade suficientemente alto.

 

Segundo as estatísticas oficiais mais recentes, referentes a 1998-99, a população da UE e dos países candidatos, incluindo a Turquia, era de 546 milhões de pessoas -- cerca de 9 por cento da população mundial estimada.

 

Além da baixa taxa de natalidade, disse o SCB, a população européia está envelhecendo. Na Itália, que tem a população mais velha da UE, uma em cada três pessoas terá mais de 60 anos de idade em 2020. Na Irlanda, que possui a população mais jovem, uma em cada cinco pessoas terá passado dos 60 anos em 2020.

 

Os líderes europeus se preocupam em saber como suas sociedades vão enfrentar uma situação em que um número cada vez menor de cidadãos em idade economicamente ativa terá que sustentar um número cada vez maior de idosos.

 

A presidência sueca da UE colocou esse tema em primeiro lugar na pauta da cúpula de Estocolmo.

 

ot14.gif (148 bytes) Menu Geo População

Frigoletto.com.br - A geografia em primeiro lugar

Copyright © 2000 - 2004 Eduardo Frigoletto de Menezes. All Rights Reserved