Home | Glossário | Fale conosco  

  

 

Estrutura etária e desenvolvimento socioeconômico

 

A estrutura etária é um importante indicador do nível de desenvolvimento socioeconômico do país. Por exemplo:

  • Estrutura etária com elevado predomínio de adultos e idosos é característica de países de maior desenvolvimento socioeconômico.

  • Estrutura etária com predomínio de população jovem caracteriza países com menor desenvolvimento socioeconômico.

Os maiores percentuais de população jovem, assim como as famílias mais numerosas, são encontrados nos países mais pobres. Nos países desenvolvidos ocorre o contrário.

 

A estrutura etária e o tamanho das famílias estão diretamente relacionados à taxa de fecundidade (média de filhos por mulher).

 

Em 1991, as taxas de fecundidade mais elevadas do mundo eram da ordem de 7,5 (Etiópia, Níger e Uganda). As mais baixas eram de apenas 1,3 (Itália, Espanha e Alemanha).

 

O reflexo dessas taxas de fecundidade na estrutura etária é visível: Uganda, por exemplo, possui 49% de jovens, contra apenas 16% na Alemanha. Em compensação, enquanto Uganda possui apenas 2,7% de idosos, a Alemanha possui 16%.

 

Além de ser um indicador do nível de desenvolvimento socioeconômico, a estrutura etária exerce grande influência no próprio desenvolvimento socioeconômico dos países. Isso porque:

  • Uma elevada proporção de jovens na população exige elevados investimentos em setores como, por exemplo, educação e saúde.

  • Uma elevada proporção de idosos na população exige elevados gastos com aposentadorias e assistência médica e social.

Os países pobres são os mais penalizados. A maior parte dos escassos recursos de que dispõem é consumida na assistência aos jovens, sobrando muito pouco para aplicar nas atividades produtivas: agricultura, indústria, tecnologia etc.

 

Brasil: dados demográficos no período 1940 - 1991

Dados/Ano

1940

1950

1960

1970

1980

1991

% de jovens
(0 a 9/0 a 14 anos)

53,5 / 42,5

52,5 / 42,0

53,0 / 42,5

53,0 / 42,0

48,5 / 38,0

45,0 / 34,5

% de adultos
(20 a 59/15 a 59 anos)

42,5 / 53,5

43,5 / 54,0

42,5 / 52,5

42,0 / 53,0

45,0 / 55,5

48,0 / 58,0

% de velhos
(60 anos ou mais)

4,0 / 4,0

4,0 / 4,0

4,5 / 5,0

5,0 / 5,0

6,5 / 6,5

7,0 / 7,5

Expectativa de vida, em anos

43

46

52

53

60

65,5

Taxa natalidade, por 1.000

44,0

43,5

44,0

37,7

33,0

26,0

Taxa fecundidade, em nº de filhos por mulher

6,2

6,2

6,2

5,7

4,3

2,7

Fonte: IBGE, Anuário Estatístico do Brasil, 1994

 

Estrutura etária: dados comparativos (1991)

País

% de jovens
(o a 14 anos)

% de adultos
(15 a 59 anos)

% de idosos
(60 anos ou mais)

Expectativa de vida, em anos

Uganda

48,7

48,6

2,7

46,0

Brasil

34,5

58,0

7,5

65,5

Alemanha

16,2

67,9

15,9

76,0

Fonte: banco Mundial/FGV, Relatório Sobre o Desenvolvimento Mundial, 1993

 

Estrutura etária e renda per capita de alguns países subdesenvolvidos e de alguns países desenvolvidos (1991)

País

% de jovens
(0 a 14 anos)

% de adultos
(15 a 59 anos)

% de idosos
(60 anos ou mais)

Renda per capita, em dólares

Ruanda

48,9

50,6

0,5

270

Quênia

48,8

49,4

1,8

340

Uganda

48,7

48,6

2,7

170

Alemanha

16,2

67,9

15,9

23.650

Itália

16,2

68,6

15,2

18.520

Suíça

16,9

67,5

15,6

33.610

Fonte: banco Mundial/FGV, Relatório Sobre o Desenvolvimento Mundial, 1993

ot14.gif (148 bytes) Menu Geo População

Frigoletto.com.br - A geografia em primeiro lugar

Copyright © 2000 - 2004 Eduardo Frigoletto de Menezes. All Rights Reserved