Home | Glossário | Fale conosco  

  

 

O IDH dos Estados Brasileiros (1998)

 

Colocação

Unidade da Federação

IDH

Rio Grande do Sul

0,869

Distrito Federal

0,869

São Paulo

0,868

Santa Catarina

0,863

Mato Grosso do Sul

0,848

Paraná

0,847

Rio de Janeiro

0,844

Espírito Santo

0,836

Minas Gerais

0,823

10ª

Rondônia

0,820

11ª

Roraima

0,818

12ª

Goiás

0,786

13ª

Amapá

0,786

14ª

Amazonas

0,775

15ª

Mato Grosso

0,767

16ª

Acre

0,754

17ª

Sergipe

0,731

18ª

Pará

0,703

19ª

Rio Grande do Norte

0,668

20ª

Bahia

0,655

21ª

Pernambuco

0,615

22ª

Ceará

0,590

23ª

Tocantins

0,587

24ª

Paraíba

0,557

25ª

Maranhão

0,547

26ª

Alagoas

0,538

27ª

Piauí

0,534

 

O IDH é um índice criado pela ONU que mede o "desenvolvimento humano", medindo parâmetros como: nível de escolaridade, expectativa de vida ao nascer e renda per capta (PIB). Anteriormente, as nações eram avaliadas somente pelo fator econômico o que trazia distorções.

 

Na tabela acima, observamos que todos os Estados brasileiros estão acima da linha média de desenvolvimento que é 0,5 (sendo o máximo 1,0) em que pese alguns Estados estarem apenas um pouco acima dessa linha como Piauí e Alagoas comparáveis à situação de Iraque e Congo.

 

Outros Estados como: São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina ficariam entre as 45 nações mais desenvolvidas do mundo.

 

No Nordeste, Sergipe é o Estado mais desenvolvido, superando Estados maiores como Pernambuco e Bahia.

 

Nos últimos 40 anos, o IDH brasileiro quase que dobrou principalmente pelos investimentos na área de ensino. Também a mortalidade infantil foi de certa forma reduzida o que influenciou diretamente nos resultados do índice. Essa melhoria no IDH reflete principalmente evolução nos Estados mais pobres.

 

 ot14.gif (148 bytes) Menu Geo Econômica

Frigoletto.com.br - A geografia em primeiro lugar

Copyright © 2000 - 2004 Eduardo Frigoletto de Menezes. All Rights Reserved