Home | Glossário | Fale conosco  

  

Organizações Econômicas

 

O capital norte-americano direcionado para a Europa, através de linhas de crédito ou de investimentos, foi de grande importância na recuperação econômica européia, no pós guerra.

 

A política de reconstrução e reestruturação da economia européia no pós guerra foi apoiada pelos Estados Unidos, que, além do acordo militar que iria realizar com vários países, buscou firmar seu poder na Europa Ocidental através de um plano de ajuda econômica, o Plano Marshall. Esse plano consistiu em fornecer matéria prima e capital aos países destruídos pelo conflito.
 

A reestruturação da economia foi marcada pela entrada maciça de investimentos realizados por empresas norte-americanas, que passaram a encarar a Europa como alternativa para sua expansão. Os grandes grupos industriais europeus foram se fortalecendo e acabaram por manifestar uma tendência monopolista de produção, organizando-se em forma de trustes e cartéis.
 

Os trustes se formam quando grandes empresas incorporam seus concorrentes menores, assumindo o monopólio de determinado ramo de produção. Os cartéis se formam através de associações de empresas independentes, que por meio de acordos estabelecem o controle administrativo do mercado, determinando preços e definindo áreas de ação. Tanto os trustes como os cartéis representam a limitação da livre concorrência na economia em prol da maximização dos lucros dos grandes grupos empresariais.
 

Outra estratégia do capitalismo europeu, no pós-guerra, diz respeito à unificação econômica. Formam-se associações para a prática do livre comércio entre países, evitando as taxas alfandegárias de importação. Em 1948, foi criada a primeira organização desse tipo, o Benelux, e seguindo seu modelo logo surgiram outras, como a Ceca (1952), a CEE ou MCE (1957) - posteriormente chamada União Européia - e a Aelc (1960).

 

O MCE ou CEE (atual União Européia) foi a mais importante das organizações econômicas da Europa no pós-guerra.

 

 ot14.gif (148 bytes) Menu Geo Econômica

Frigoletto.com.br - A geografia em primeiro lugar

Copyright © 2000 - 2004 Eduardo Frigoletto de Menezes. All Rights Reserved