Home | Glossário | Fale conosco  

  

Hino de Maceió

 

És, Maceió, altiva e majestosa

 

Feliz nascente entre a lagoa e o mar

 

Ao lado da capela milagrosa

 

De um velho engenho pobre e secular.

 

Pelo trabalho e pelo esforço ingente

 

Como a bravura de teus filhos nobres

 

E debaixo de um sol glorioso e quente

 

Veio a riqueza dessas terras pobres.

 

A tua glória promana

 

Desses teus filhos audazes

 

Cujo alto valor se imana

 

Aos dos heróis mais capazes.

 

Maceió, terra adorada!

 

Ó terra bela e altaneira!

 

Tua história é proclamada

 

Pela nação brasileira.

 

Tu tens paisagens, Maceió, famosas

 

Teu sol é quente e teu luar é claro

 

São tuas praias belas e formosas

 

De um tom de prata, deslumbrante e raro.

 

E desse alvorecer das madrugadas,

 

De Ponta Verde às curvas do Pontal,

 

Os coqueiros e as velas das jangadas

 

Dão-lhe um vigor de tela natural.

 

A tua glória promana

 

Desses teus filhos audazes

 

Cujo alto valor se imana

 

Aos dos heróis mais capazes.

 

Maceió, terra adorada!

 

Ó terra bela e altaneira!

 

Tua história é proclamada

 

Pela nação brasileira.

Letra: Carlos Moliterno

Música: Edilberto Trigueiros

 ot14.gif (148 bytes) Menu Geo Alagoas

Frigoletto.com.br - A geografia em primeiro lugar

Copyright © 2000 - 2004 Eduardo Frigoletto de Menezes. All Rights Reserved