Home | Glossário | Fale conosco  

  

 

Dezembro de 2001

 

Aquecimento Global x Descongelamento da Antártica

 

Os cientistas que estudam o efeito do aquecimento global sobre as camadas de gelo da Antártica lançaram um programa de pesquisa de sete anos que buscará pistas para determinar o quanto de gelo derreterá se as temperaturas do planeta continuarem a subir.

 

Se a Antártica perder seu gelo, o nível dos oceanos pode subir até 65 metros. Os cientistas desejam saber o que aconteceu da última vez que um aquecimento similar se verificou na Terra, 20 milhões de anos atrás.

 

O Painel Intergovernamental das Nações Unidas de Mudanças no Clima previu que a temperatura média da superfície da Terra suba entre 1,4 e 5,8 graus Celsius antes da virada do próximo século, e isso devido ao aumento da concentração na atmosfera de gás carbônico e de outras substâncias que provocam o efeito estufa.

 

A perfuração na Antártica poderia permitir que os cientistas vejam como a região era quando o mundo tinha 3 a 4 graus Celsius a mais, afirmou um representante o Instituto de Ciências Geológicas e Nucleares da Nova Zelândia.

No passado as camadas de gelo eram instáveis e que flutuavam o suficiente para provocar alterações no nível dos oceanos de até 50 metros.

 

A Antártica tem 13,9 milhões de quilômetros quadrados, duas vezes o tamanho da Austrália. A região é quase que inteiramente coberta por uma grossa camada de gelo e cercada por uma área de mar congelado que varia de 3 milhões a 17 milhões de quilômetros quadrados.

 

 ot14.gif (148 bytes) Menu Ecologia

Frigoletto.com.br - A geografia em primeiro lugar

Copyright © 2000 - 2004 Eduardo Frigoletto de Menezes. All Rights Reserved